Portal do Governo Brasileiro

Piquini, Colvero, Marcelo, Bizello, Burmann e Schneider na cerimônia

Um trabalho do CTISM foi classificado entre os 40 melhores da JAI (Jornada Acadêmica Integrada) da UFSM. O apresentador, Juliano Stefanello Bizello – que se formou em Redes de Computadores em 2016 – e o orientador, o professor Claiton Colvero, receberam certificados como premiação pelo trabalho na tarde desta segunda-feira (20) em cerimônia na Reitoria.

O trabalho apresenta uma ferramenta que tem o objetivo de facilitar o acesso de deficientes visuais a locais públicos. A cerimônia teve a participação do reitor Paulo Afonso Burmann, do pró-reitor de Pós-Graduação, Paulo Renato Schneider, e do coordenador de Iniciação Científica da UFSM, Paulo César Piquini. O vice-diretor Marcelo Freitas da Silva acompanhou o evento e entregou os certificados a Bizello e Colvero.

O ex-aluno Alexandre Powaczuk Hillal

O ex-aluno Alexandre Powaczuk Hillal morreu na manhã desa terça-feira (21) após cair de um telhado em Santa Maria. Alexandre, que concluiu o curso superior de Fabricação Mecânica em 2015 e o subsequente em Eletromecânica em 2012, não resistiu aos ferimentos e faleceu após ser atendido no Husm (Hospital Universitário de Santa Maria), segundo o boletim de ocorrência.

Alexandre era funcionário da Serluz Metalúrgica. Ele fazia reparos no telhado da Thor Máquinas, na região da Estância do Minuano, quando sofreu a queda.

O NTE (Núcleo de Tecnologia Educacional) da UFSM divulgou o teaser do documentário do Cinquentenário do CTISM. O vídeo é composto por trechos de depoimentos de sete pessoas ligadas ao colégio, que falam sobre a história e a importância do CTISM e sobre suas experiências nele.

O teaser inicia com uma fala do ex-diretor Anilo José Wathier, que lembra que a escola foi fundada em 1967. Entre os depoimentos do teaser, está o do reitor Paulo Afonso Burmann. Ele diz que ter o CTISM dentro da UFSM “é alguma coisa que nos diferencia das demais instituições”.

O Departamento de Ensino anunciou uma reunião de pais dos alunos dos primeiros anos integrados para esta quinta-feira (23). O encontro acontecerá a partir das 19h no auditório do CTISM. Segundo nota do Ensino, a reunião tratará de “esclarecimentos sobre o ano letivo, dúvidas, normas e funcionamento da escola”.

 

O GSEC (Grupo de Pesquisa e Desenvolvimento em Sistemas Elétricos e Computacionais) obteve, nos últimos dois anos, 11 registros de propriedade intelectual no Inpi (Instituto Nacional da Propriedade Industrial), segundo o professor Saul Azzolin Bonaldo, que integra a equipe do GSEC responsável por desenvolver propriedade intelectual. Cinco dos registros foram obtidos há cerca de dois meses.

O grupo de pesquisas completou sete anos no mês de janeiro e possui mais de 20 integrantes, entre professores, alunos de nível técnico e superior do CTISM, do CT (Centro de Tecnologia) e do Colégio Politécnico, e pós-graduandos de Engenharia Elétrica e de Engenharia Agrícola da UFSM.