Portal do Governo Brasileiro
Oliveira ergue Caderno de Resumos do CEHCAB durante discurso.

Os vereadores santa-marienses aprovaram por unanimidade, nesta quinta-feira (21), uma moção em homenagem ao CEHCAB (Ciclo de Estudos sobre História e Culturas Afro-Brasileiras), projeto promovido pelo CTISM desde 2010.

No início do mês, o CEHCAB havia sido premiado como um dos 11 destaques nacionais do Desafio Criativos da Escola, entre 1.492 inscritos de todo o Brasil.

Roselene acompanha sessão na Câmara.

A moção foi aprovada pelos vereadores durante sessão da Câmara. O autor da moção, Valdir Oliveira (PT), fez um discurso em parabenização ao CEHCAB. A professora Roselene Pommer, coordenadora do projeto, ocupou um assento na Mesa Diretora da Casa durante a fala de Oliveira e a votação da moção. Um grupo de alunos e servidores técnico-administrativos do CTISM acompanhou a sessão nas galerias da Câmara.

Oliveira disse, em seu discurso, que o CEHCAB é um “trabalho brilhante” que “resgata a história, a contribuição, a participação do povo negro na construção da nossa história”.

 

Alunos e TAEs assistem sessão nas galerias da Câmara na tarde de quinta-feira (22).

Para o vereador, o projeto mostra que “a história omite e não demonstra que nós tivemos negros que contribuíram muito para a história de Santa Maria”. Em 2016, o CEHCAB instigou os alunos de terceiro ano integrado a pesquisarem sobre as personalidades negras mais relevantes para a história santa-mariense.

O CTISM já havia sido homenageado na Câmara Municipal em abril, em parabenização ao seu aniversário de 50 anos.

Assista a sessão que homenageou o Ciclo sobre História e Culturas Afro-Brasileiras:

 

por Rossano Villagrán Dias

imagens Reprodução/YouTube